Como chegamos até aqui?

Atualizado: Abr 13

Janeiro de 2017, chega ao mundo meu primeiro menino, eu já tinha uma princesa de 14 anos e de repente o mundo ficou estranho demais com dois filhos, o que eu poderia deixar de herança de um mundo melhor para eles?

Depois de 20 anos de engenharia de software tudo que eu havia feito era transformar o mundo em um lugar mais tecnológico e criar processos para desenvolvedores...mas o que de palpável havia no que eu produzi em todos esses anos? Sem resposta.

Voltando um pouco antes em 2012 iniciei a faculdade de Gastronomia, por amor a comida e para tentar desatar um nó de uma escolha ruim para a vida, foi então que minha paixão pela comida orgânica aconteceu, com ela veio o grande desafio de transformar legumes e verduras em deliciosos pratos, esquecendo todos os processos da cozinha industrial (que odiei de cara) comecei a pesquisar e criar pratos com cogumelos, diferentes tipos de arroz e provar todos os condimentos que até então eram novos para uma moça que nasceu no MS e virou adulta em Sampa. Um dia, passeando pela Av. Paulista vi em uma exposição um terrário, comprei um pequeno e fiquei alguns minutos observando a beleza daquele pequeno ecossistema dentro de um pote de vidro...pensei: imagina como a comida deve ficar linda aqui dentro? sendo conservada em seu próprio ecossistema, como uma refeição completa e sem conservantes...comecei a pesquisar tipos, como alocar os temperos, quais os melhores tipos de proteínas e como e por quanto tempo elas poderiam durar...bem aqui estamos, inspirados por um pequeno terrário e um pequeno terráqueo que me fez sentir ainda mais amor pela terra em que vivemos,




22 visualizações

Potinho Comidas Funcionais LTDA

CNPJ 36.763.405/0001-29

© 2018 - Potinho - Brasília - DF